Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Frases proibidas durante a entrevista de emprego



Na hora da entrevista a ansiedade é maior e portanto o candidato deve fica mais atento, pois algumas expressões podem comprometer seu desempenho. A entrevista é o último passo do candidato rumo à tão esperada conquista do emprego. Exatamente por isso, deve ser bem planejada e executada de forma clara e convincente. Certos deslizes podem colocar todo seu esforço a perder. Hoje, cada vez mais, os recrutadores sabem como realizar boas entrevistas. A partir do currículo, eles criam perguntas personalizadas ao perfil do candidato. Veja abaixo algumas dicas sobre frases e expressões que devem ser evitadas durante o processo:
·   Gerundismo: “Eu vou estar fazendo um curso de...” Bastante usado na atualidade, o gerundismo é uma adaptação de tempos verbais comuns no inglês ao nosso idioma. Erro grave da língua portuguesa, muito comum hoje em dia. O correto é: ‘eu farei’. Além disso, a comunicação interpessoal pode ficar comprometida. O ‘vou estar fazendo...’ pode denotar fraqueza de ação.
·   “Eu acho...” O termo expressa dúvida e deve ser substituído por “Eu penso...”, “Eu vejo essa situação da seguinte forma” ou “Meu posicionamento é de que...”.
·   Gírias Palavras muito coloquiais servem para conversas informais, mas não para o diálogo da entrevista de emprego. No episódio do dia 12 de julho de 2005 do programa “O Aprendiz 2”, Roberto Justus chamou a atenção de uma participante que insistia em usar o jargão “tipo” durante conversa na sala de reunião. “Pare de dizer isso, pois é coisa de adolescente”. Coincidentemente ou não, a concorrente foi eliminada nesse mesmo episódio.
·   “Eu não gosto de trabalhar com pessoas, em grupo, gosto de fazer o trabalho sozinho” As relações interpessoais são de extremo valor no mundo atual. Mesmo trabalhos de atuação individualizada, como telemarketing, exigem momentos de comunicação e interação com outras pessoas – presencial e à distância.
·   “Deixo o barco correr, pois a situação por si só se resolverá” Essa frase demonstra conformismo e deve ser substituída por: “diante de uma situação adversa, busco informações e a melhor forma de alterar o percurso e conseguir atingir as metas”, por exemplo.
Discursos prontos Planejar seus passos é recomendável, mas discursos prontos são perigosos, pois nenhuma entrevista é igual à outra. O candidato deve entrar em sinergia com o entrevistador. Não existem respostas prontas. Dependem do contexto, do tipo de trabalho, do interlocutor. Preste muita atenção na pergunta e na reação do selecionador ao ouvir sua resposta. É um forte indicador para saber se está agradando ou não.